menu

guia do boleiro

busca


Palmeiras deve renovar com Adidas, mas quer ganhar quase o dobro do valor

22h19 05/12/2017

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, afirmou, em evento nesta terça-feira na Federação Paulista de Futebol, que o Palmeiras quer permanecer com a Adidas como sua fornecedora de uniformes. No entanto, o clube quer um aumento significativo no valor pago pela marca das três listras.

No domingo, O Globo havia noticiado que a Adidas não iria renovar contrato com o Palmeiras em 2019, o que encerraria uma parceria de 11 anos com a marca alemã. Perguntado sobre o tema, o mandatário do Verdão falou sobre o assunto:

O Palmeiras está negociando com a Adidas ainda. Não tem posição final, e isso está em negociação", afirmou Galiotte, que completou: “Tudo que foi ventilado nessa semana não procede. De nossa parte, queremos continuar sim (com Adidas”.

Atualmente, o Palmeiras recebe da Adidas um valor anual de R$ 20 milhões e gostaria de ter o valor alterado para perto do montante recebido pelo Flamengo, que é de R$ 37 mi.

Nos últimos anos, os valores pagos pelas marcas esportivas aos clubes tiveram uma inflação bem grande, mas vale destacar que a vontade do Palmeiras se trata de um pedido realmente ambicioso, já que o Flamengo tem a maior torcida do Brasil e, consequentemente, tem maior potencial de venda de produtos licenciados.

Por outro lado, a Adidas não vai querer perder sua parceria com o Palmeiras, já que Corinthians está com a Nike e São Paulo parece agora satisfeito com a Under Armour, depois de uma parceria malsucedida com a Penalty. O Santos anunciou o retorno da Umbro recentemente.

Voltando ao outro lado da balança, a Puma surge como séria candidata a “roubar” o Palmeiras da Adidas, pois a marca já havia deixado clara sua vontade de voltar a vestir um time brasileiro, em entrevista ao Guia do Boleiro. Uma parceria com o Palmeiras seria um retorno sensacional para os anseios da Puma Brasil.


Confira as ofertas da loja Futfanatics


Versão Desktop